Cuidados, Dicas e Notícias
Acabe com a solidão: uma companhia ajuda muito em tempos de confinamento. (06/07/2020)

A solidão não é apenas o fato de estar sozinho, mas de se sentir solitário. Há indícios de que a solidão pode fazer mal à sua saúde, seja direta ou indiretamente. Pessoas solitárias podem desenvolver doenças por conta disso, a medida em que o sentimento pode aumentar a pressão sanguínea, elevar o nível de colesterol, levar à depressão, diminuir a capacidade cognitiva e até mesmo influenciar no surgimento de Alzheimer.

A boa notícia é que, de acordo com pesquisa da Mars PetCare, ter um pet como companhia ajuda a combater a solidão. Nos resultados desse levantamento – que ouviu cerca de 2 mil pessoas -, um terço delas se diz ‘socialmente isolado’. Dessa mesma pesquisa, 6 em cada 10 pessoas sofrem de ansiedade social, e ainda 75% evitam a completa socialização.

A companhia dos pets

Entre todas as pessoas consultadas e que se disseram solitárias (53%), a pesquisa mostrou que 21% possuíam animais de estimação em casa, contra 32% sem pets. Enquanto isso, 82% do total da pesquisa que possuíam animais de estimação declararam que se sentiram menos solitários depois da chegada do animal. Ao mesmo tempo, 4 em cada 5 pessoas afirmaram que o sentimento de solidão desapareceu completamente no primeiro mês com o bichinho.

A pesquisa afirma que 6 de cada 10 pessoas declararam o pet como companheiro mais próximo. Até a casa passa a ganhar uma nova vida com a presença de um pet, 85% dos entrevistaram afirmaram ficar mais felizes ao chegar em casa e saber que o seu animal estava à sua espera. Acariciar o seu pet diminui a pressão, liberando mais hormônios relaxantes pelo corpo, como serotonina e dopamina, amenizando o estresse.

Aos tutores de cães, 62% afirmaram fazer mais exercícios ao levarem os bichinhos para passear, o que diminui o risco de ataque cardíaco. Além disso, as técnicas de bichoterapia também já tiveram resultados positivos comprovados.

Parte de um longo processo

Devemos levar em consideração que animais de estimação não podem resolver os problemas da solidão por completo, mas eles podem sim ajudar. Contudo, vale lembrar que um pet é uma vida, que vem com responsabilidades e não é para todos. Você não deve simplesmente adotar um cachorro porque está se sentindo sozinho.

Pra isso, é preciso estar preparado para cuidar do novo amigo. Além disso, nem todos eles, mesmo sendo da mesma espécie, são iguais. Um hamster não é o mesmo que um coelho, pássaro, cachorro ou gato. Há uma grande diversidade em seus comportamentos, gastos e responsabilidades. Por isso vale pesquisar se o animal escolhido corresponde a sua personalidade e, principalmente, ao seu estilo de vida.

Assine nossa Newsletter
Mapa do Site